header image
 

Golden Boy

Golden Boy é uma OVA que apenas conta com 6 episódios, mas os mesmos foram suficientes para conseguir ser um dos melhores animes que juntam os géneros comédia e ecchi. E para quem ficou de pé atrás quando leu que esta pequena série era ecchi, ficando à espera de uma série sem nexo que de 5 em 5 segundos mostra a roupa interior das moças que passeiam pelo ecrã, então desenganem-se, pois embora esta série também faça o chamado fanservice, ela fá-lo com um propósito.

Sinopse (16+)

A história revolve sobre Kintarou Oe, um estudante universitário, que após ter completado todos os cursos na sua universidade desistiu da mesma antes de se graduar. O seu objectivo é aprender tudo sobre a vida, o mundo, e sobre mulheres, pelo que ele parte em viagem apenas com a sua fiel bicicleta. Ele se predispõe a fazer qualquer tipo de trabalho para cumprir com os seus objectivos de aprendizagem, e sendo um génio por natureza facilmente consegue aprender o mesmo e superar todas as expectativas de quem o empregou. Todavia ele possui tanto de génio como de pervertido, pelo que a sua pesquisa sobre mulheres acaba por um colocar sempre em situações confrangedoras que têm que superar para conseguir levar a cabo o que prometeu em cada trabalho… e assim que o acaba parte para novas experiências onde lhe esperam novas aprendizagens e novas confusões.

Nem me perguntem como é que ele se meteu nesta embrulhada...

Opinião

Esta série tenta usar o Kintarou Oe para descrever o comportamento típico de muitos homens, embora o faça exagerando (e de que maneira) o seu lado pervertido. Na realidade o Kintarou é um trabalhador árduo, que vive para cumprir os seus ideais, mas as coisas acabam sempre por não lhe correr como ele pretendia e onde inicialmente se via uma mera curiosidade pelo comportamento feminino depressa escala para situações incríveis que nos deixam a chorar de tanto rir da improbabilidade das mesmas alguma vez acontecerem. Mas no fim do dia o respeito que têm pelas mulheres leva sempre a melhor sobre a sua exagerada perversão, e tudo se compõe. Esta foi uma das séries anime que mais me fez rir, mas atenção que tem algumas particularidades que facilmente se associam ao povo japonês… como o facto de ele ter um fetiche completamente rebuscado… lamber tampos de sanitas não lembra a ninguém…

Outro aspecto que achei surpreendente é o facto de muitas mulheres também acharem muita piada a esta série… se calhar é porque ele anda constantemente a levar com o rolo da massa…

~ by Izilthir on Janeiro 25, 2010 .



Deixar uma resposta