Histórico

    Procura


Posts com Tag de ‘X-Zine’

X-Zine #12
Por: abul-fadl nadr al-atrabulusi | 2 de Agosto de 2010 às 16:55

Doze edições depois, eis a edição do primeiro aniversário da X-Zine.

O destaque este mês é para o report da XLParty da Maia e um mega-super-hyper artigo do radiofónico SID a dissecar a filosofia dos clãs – é todo um mundo nunca antes visto, estou maravilhado por perceber tão pouco de videojogos!

Na secção do Rumble Pack, uma bonita história de amor entre um típico Hard Gamer e as três consolas, e também um texto sonyista, reflectindo a verdade como é conhecido o rambele páque, para onde a Sony está a tentar levar a PS3 com esta história do 3D (hint: tem a ver com caixões).

Download da dita cuja aqui.

X-Zine #11 Julho 2010
Por: abul-fadl nadr al-atrabulusi | 10 de Julho de 2010 às 02:00

Saiu alguns dias atrasada por causa das férias, mas o pessoal amador fez questão de não deixar de lançar revistas quando vai de férias. Assim, eis a X-Zine de Julho!

Com o Segundo Dividido como tema de capa, a filosofia escorre na secção do Rumble Pack deste mês com Dr. Tavares a dissecar minuciosamente os faCtos do Super Mario Galáxia Dois e um Pé na Porta sobre o Jesus na Terra gamístico que dá pelo nome de 3-D.

Podeis fazer download da dita cuja aqui, ou lê-la online aqui.

E falando em X-Zine, a “casa” da revista mudou-se de malas e bagagens para cá, estando o seu novo espaço em http://rumblepack.com.pt/xzineportugal. Uma palavra de apreço para o Jeremias, o “boss” da revista, sempre com muita energia e um comportamento verdadeiramente exemplar no trato desde o primeiro momento, e que aceitou ser a “cobaia” para o lançamento da nossa rede de blogs, tendo esperado pacientemente durante os dois meses que demorou a ter-se a rede minimamente pronta para arrancar. Um bem haja, camarada xP

X-Zine #10
Por: abul-fadl nadr al-atrabulusi | 8 de Junho de 2010 às 21:34

Edição de Junho da X-Zine já está disponível para download aqui.

Na secção do Rumble Pack, poderão encontrar um workshop de analista de videojogos e o João Reirão a abrir o verbo vigorosamente sobre Bayonetta numa análise carregada de rigor jornalístico.

Caríssimos, à parte da X-Zine, há algo que me tem deixado de sobremaneira preocupado. No Zelda jogamos com o Link. No Metroid jogamos com a Samus. Então porque é que o jogo do Mario não se chama Peach?

Idiossincrasias nintendistas… confundem-me!