lado-b-copy-32


«Art is the process or product of deliberately and creatively arranging elements in a way that appeals to the senses or emotions…”the arts” may also encompass a diverse range of human activities, creations, and modes of expression…»

Proveniente de uma fonte muito fiável

Não passa de uma mera definição digna de um «capitão óbvio», mas não me parece que haja forma mais objectiva de definir «arte»…

O que para uns é bom, para outros é horrível…mas independentemente de ser algo de bom, nojento, maravilhoso, estranho, fudónico, pipi, ou algo que te faça dizer…

…why do we even bother? Como já foi dito, esqueçamos discussões de especialistas, e vamos para mais jogos diferentes e gratuitos da Kokoromi Collective, desta vez da exposição Gamma 256:

 

Um dos temas desta exposição é a arte Retro (aquela dos bonequinhos quadrados e musiquinhas pipis de poucos sons…nada de anti-aliasings por xyz ao quadrado para aquelas super-texturas que os mais extremistas fãs de graficões 5D lá tanto gostam…)

1236674-1230853613-drwily2

Just like our doctor here…

E aqui estão alguns grandes exemplos disto:

Comecemos pelo grande…

c85a1477e536412c4f32839545e75c97

…nah, we’re just kidding!

Passage, um jogo de Jason Rohrer

Este jogo Memento Mori, de duração 5 minutos (…pouco mais que um Left 4 Dead sem online…) é para ser interpretado e apreciado pelo seu estilo  .

Portanto uma simples review de ver:

Se te consideras de videojogos: CONVÉM JOGAR!

Se não és fã de videojogos: TENS DE JOGAR!

Façam o download clicando aqui

Se gostaram de Passage recomendo o Gravitation, que podem obter clicando aqui… e se não gostaram, preparem-se…

bushoes

…just kidding, again, o pessoal do Rumble Pack é amigo!

Podia falar de Jason Rohrer num artigo inteiro, mas por agora, on to the the next game:

Mr Heart Loves You Very Much, de  Jimmy Andrews

sem-titulo2

Um simples jogo de puzzles em que têm de apanhar o coração. Não podem saltar, mas algumas habilidades estão ao vosso dispor, como rodar o ecrã (tal como este jogo anteriormenter referido nesta crónica)… mas melhor mesmo é jogarem-no, e irem aprendendo seguindo as instruções que vão aparecendo nos primeiros níveis…

Download do jogo aqui

E o prémio de jogo mais bizarro vai para…

Stdbits, de Mark Johns

sem-titulo

Não, não é um concurso de programação, senhores informáticos! Mas descrever este jogo é… bem… uh… experimentem, é tudo grátis, anyways…

Façam o download aqui

Como alternativa a nível de factor estranho, também têm o Mondorian Provoked…um jogo que termina com uma mensagem de «Are You Done Provoking Me?»

Vejam um filme com Doomed Planet, de Nick Sheets

Isto é o que se obtém misturando os estilos retro dos filmes (a preto e branco, sem som, e legendas ao estilo de Charlot) com o dos videojogos.

Obtenham o jogo clicando aqui

 

Mas não consegui jogar com o teclado, apenas com um comando da 360:

«The rules stipulated that all games must run in Windows XP and use an XBox 360 Controller for Windows as their input…(cuspir cascalho)… Some of the creators have also included keyboard control…(cuspir cascalho)…»

…é pena

anigif3

…must…get…a…controller!

Ainda havia vários jogos interessantes, como o simples Sunset Runner ou o interessante Bloody Zombies (que requer essa maravilha de comando), mas por agora, vou-me despedir…

bye_batty

Por: Darth Messaiah